Ansiedade, Transtorno de Ansiedade Generalizada, TAG

Ansiedade, Transtorno de Ansiedade Generalizada, TAG

Os medicamentos Ansiolíticos não devem ser usados por muito tempo, por causa de risco de dependência, de tolerância e de outros efeitos colaterais. Quando o tratamento for mais longo, preferimos Antidepressivos, Neurolépticos ou Betabloqueadores.

Ansiedade não se trata só com remédios. Muitos pacientes tomam medicamentos contra a Ansiedade e quando suspendem, ela volta. Ansiedade não é uma doença. Muitas vezes precisa eliminar as causas, quando elas vêm de fora ou fazer psicoterapia, quando ela vem de dentro. Algumas medidas podem melhorar muito sua qualidade de vida e baixar a ansiedade sem precisar usar constante de medicamentos:

  • Mudanças de hábitos.
  • Menos cafeína (café e refrigerantes).
  • Mais lazer.
  • Mais prazeres e menos deveres.
  • Yoga ou Meditação ou Tai Chi Chuan.
  • Psicoterapia.

Portanto, sempre que as páginas seguintes contiverem uma conduta medicamentosa, essa sugestão de conduta inclui os itens acima.

Bom dia, fui diagnosticada com depressão e ansiedade, fiz todo exame de coração não deu nada, fui ao psiquiatra me receitou Rivotril tomar à noite e Praxetina de manhã, Rivotril faz uma semana que uso e Praxetina dois dias, mas continuo tendo crises, que sobe um esquentamento, seguido de pressão alta e falta de ar, é horrível. Obs.: faço o tratamento para Hepatite C, com Pegasy e Ribaverina, por favor, me de uma orientação gostaria de fazer terapia, mas está muito caro e eu estou no momento sem trabalhar por causa do meu problema, agradeço desde já Sueli.

Bom dia Sueli. Você está no caminho certo. Essa combinação de Praxetina (Praxetina) com Rivotril é muito boa para tratar ansiedade com depressão. Com o tempo teu médico irá tirar o Rivotril e manter só a Praxetina. A Praxetina precisa de 10-14 dias para funcionar. O Rivotril é bem mais rápido, mas você só está tomando à noite. Pergunte ao teu Psiquiatra se você não pode tomar um pouco de Rivotril de dia, até a Praxetina agir.

Tenho 20 anos e fui diagnosticada com Transtorno de Ansiedade, tive algumas crises em fevereiro, ao ponto de achar que iria morrer, e me passaram vários medicamentos, Diazepan EV, parz (?), enfim, tomei Rivotril também, mas ainda não tinha passado por um psiquiatra, hoje enfim consegui, e ela passou Sertralina 25 mg, meus sintomas são brandos, sinto dores musculares, principalmente na parte superior esquerda do corpo, peito e costa pra ser especifica. O Rivotril eliminava todas essas dores, mas segundo a psiquiatra ele não trata a doença, e sim sintomas. Já a Sertralina me ajudaria a tratar a doença juntamente com terapias, esportes, enfim. Queria saber se de fato é uma boa escolha para o caso.

Sertralina (Zoloft, Tolrest, Assert) é um boa remédio para tratar ansiedade. Hoje em dia se consideram que tratar ansiedade com antidepressivo é melhor do que com ansiolítico (os "Benzo": Rivotril, Lexotan, Lorax, Diazepam, Olcadil, Frontal, Apraz, Frisium, Valium, etc.). Porque os antidepressivos não perdem o efeito com o tempo (não desenvolvem tolerância) nem dependência (embora os benzodiazepínicos não criem dependência tão rápido quanto as pessoas acham). Essa dose de 25 mg de Sertralina é muito baixa, provavelmente teu psiquiatra irá aumentar. À vezes os antidepressivos duais (que agem em Serotonina e Noradrenalina, por exempli Cymbalta, Velija, Duloxetina, Efexor, Venlift, Venlafaxina) agem melhor nas dores no corpo, mas não quer dizer que a Sertralina não vá ajudar nas dores também. E lembre-se: ansiedade também se trata com vida saudável, esportes, atividades sociais, yoga, meditação, respiração, terapia, etc.

Bom dia.
Eu sinto muita falta de ar, desconforto no tórax, dor de cabeça, pressão nas mãos e pés, queixo dolorido, braço esquerdo dolorido, pressão no pescoço, tontura e confusão mental.
Eu fiz Endoscopia, exame de sangue, Tomografia da cabeça, eletrocardiograma todo mês, Ecocardiograma.
Está tudo normal e continuo sentindo todos os sintomas (fora que fico tremendo por dentro) o doutor me receitou glicerina em adesivo, ele acha que pode ser angina de peito (acho que o nome é esse, me desculpe se não for) segundo ele vai dilatar as veias.
Continuo sentindo os sintomas, não aguento mais sentir essas coisas e minha esposa também está cheia de me ouvir falar que estou passando mal.
Sei que pode ser pânico ou ansiedade e ainda assim acho que tenho alguma doença grave.
Forte abraço.

Como todos os exames clínicos e de laboratório são normais, realmente pose ser uma ansiedade que quando piora provoca esses ataques de Pânico. Procure um Psiquiatra, com medicação específica e recomendação de algum tipo de psicoterapia e/ou Yoga ou Meditação a qualidade de sua vida só pode melhorar.

Dr, estou tomando frontal há cinco meses porque a sertralina não esta dando conta, meu psiquiatra passou buspirona parecia até ter ajudado muito, mas depois tive crises de ansiedade com ondas de calor pelo corpo e medo...Eu já não sentia as crises há muito tempo, será que ha algo errado com o frontal e a buspirona?

a buspirona não tem problema de interação com o frontal, mas ela não é muito eficaz no controle da ansiedade. Não sei se você também fez terapia, yoga, meditação, essas técnicas podem ajudar muito. Se a sertralina (zoloft, assert, tolrest) não ajudou mesmo em dose de 200 mg por dia, provavelmente ele vai trocar por outro antidepressivo ou por outra família de medicamentos que podem ajudar a controlar a ansiedade. Só que infelizmente não posso recomenda medicação específica pela internet.