Stress

Stress

Bom dia. Tenho um amigo meu que acredito precisar fazer um tratamento psiquiátrico e também psicológico pois ele fica doente muitas vezes no mês. Eu tinha o mesmo problema até descobrir que tudo isso era meu corpo me dizendo que minha mente não estava legal. Iniciei tratamento com psicólogo e psiquiatra e desde então nunca mais tive sequer uma gripe. Oque seria aconselhável de ele fazer?

Bom dia. Ansiedade, stress, pânico e depressão podem sim deprimir o sistema imunológico, com isso aumenta a incidência de viroses e uma série de outras doenças. Mas isso não quer dizer que a pessoas nunca mais vai ter uma gripe... De qualquer forma, tratando a ansiedade, a qualidade de vida só pode melhorar.

Sou uma pessoa super estressada, quando li o seu espaço sobre os sintomas do estresse, fiquei absurdamente me vendo alí. Tenho tristeza e sintomas de stress altíssimo. Pergunto-lhe fora mudanças de hábitos, que isso claro são fundamentais, mas acho que a longo prazo, porque, parece-me que neste momento eu não conseguir mudar existe medicamentos para melhorar esses sintomas? Meu cortisol se mantém muito alto.

Claro, você tem toda razão. Não é fácil mudarmos hábitos e enquanto não mudamos, os remédios são muito úteis para nos sentimos melhor. Inclusive para termos cabeça fria para mudar os hábitos estressantes. Seu cortisol alto simplesmente reflete essa situação de stress.

Olá dr. Estou vivendo fora do brasil atualmente, e a 3 meses atrás comecei a ter crises de ansiedade depois de uns dias estressantes e dormindo pouco, a cabeça fica trabalhando praticamente sozinha pensamentos compulsivos que quanto mais eu tento sair deles, mais vem, principalmente das coisas que não gostaria de pensar, o coração acelera, a pressão chega a subir, depois alivia, mas durante o dia todo fico bem desanimado, e de vez enquanto durante o dia após as crises tenho os tais pensamentos compulsivos ou a cabeça fica a 1000. Eu tenho problemas na atm (articulação temporo mandibular), problemas de oclusão, onde escuto um zumbido 24 horas, e tensões na região da cabeça e desconforto total na oclusão, causando dores fortes na mandíbula, o dentista disse que meu stress é causado pelo meu problema de oclusão gerando problemas na atm (articulação temporo mandibular), depois que comecei a ter esse problema do zumbido e na atm (articulação temporo mandibular) me tornei uma pessoa extremamente estressada, tem alguma coisa haver atm com estresse evoluindo para ansiedade?

Olá leandro, as disfunções de atm (articulação temporo mandibular) muitas vezes estão associadas a quadros psiquiátricos, principalmente ansiedade. Voce deveria procurar uma ajuda profissional onde se encontra. Dra. Alina landi

Desde que descobri que tenho síndrome do pânico devido ao stress e tbém por eu ser uma pessoa muito ansiosa, venho tentando de todos os modos conseguir me recuperar deste problema. Estou recorrendo a psicoterapia e acupuntura, já que as 40 mg de paroxetina não resolveram os meus sintomas e eu acabei desistindo do tratamento...Mas a minha pergunta é a seguinte: tenho muitas dores no peito e o coração acelera as vezes. Fiz o eletrocardiograma que diagnosticou sopro no coração e a médica disse que era normal e não era necessário tratar segundo ela. Por favor me responda se o que causa isso realmente é o fator psicológico ou não? Isso tudo me incomoda muito e tenho medo de ser uma coisa sem cura e que eu perca o controle da situação. Não sei se devo entender que tenho ou não um problema cardíaco. Tenho só 26 anos, me ajudem por favor!!!!! Obrigada.

Olá ana paula, a própria cardiologista que lhe avaliou já lhe disse que está tudo bem com o seu coração. Voce não deveria ter interrompido o tratamento psiquiátrico. Dra. Alina landi

Tenho 39 anos, sou professora, leciono os dois horários e a uns dois anos atrás passei por uma situação difícil em um dos meus trabalhos. Também cuido de minha mãe com 74 anos e meu pai com 85 anos, tenho uma vida estressante! Comecei sentir taquicardias, insônia, ondas de calor com suor e em seguida frio, dores fortes de cabeça, tremores, boca seca, hipertensão, dormência na cabeça e um pouco de confusão. Até barulho me incomodava, deixando-me confusa. Procurei cardiologista, fiz um check-up, tudo ok. Ele me receitou um remédio para a pressão e pronto. Só que de nada adiantou, passei a ter uma hora pressão alta, outra hora baixa. Fui ao neurologista, fiz eletrocefalograma e tomografia. Deu uma pequena alteração no eletro, foi receitado clonotol 0,5mg.Só que as crises continuavam. Fui à outro cardiologista, repeti os exames e ele chegou a conclusão que eu estava com sintomas de síndrome do pânico encaminhado-me para um psiquiatra. Enfim, tomo an anafranil e noctal, as crises estão tendo um espaço maior, mas continuam me deixando encucada, pois durante a crise, fico com a perna esquerda e a cabeça dormente e depois com tremores involuntários nos membros inferiores. Estou pensando em ir à outro neurologista, pois já me acho dependente do remédio. Me dê uma luz!

Me parece que vc vive um situação que te sobrecarrega, o que é sinônimo de te estressa. Os tratamentos conseguem ou deveriam conseguir acabar com todos os sintomas, mas a cura mesmo virá quando você viver menos sobrecarregada. Enquanto isso não é possível, teu psiquiatra vai regular a dose de anafranil e noctal até teus sintomas desaparecerem. Não esqueça que os sintomas do stress acabam virando mais um fator estressante.