Medicamentos Psiquiátricos

Tratamento com Lítio (Carbonato de Lítio, Carbolitium 300 mg, Carbolitium CR 450 mg)

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Lítio não serve apenas para tratar Transtorno Bipolar.

O Lítio (Carbolitium 300 mg e Carbolitium CR 450 mg) é usado em Depressão, Hipomania, Mania (Transtorno Bipolar), para potencializar Antidepressivos, prevenir algumas enxaquecas, controlar agressividade exagerada.

Portanto, se alguém toma Carbolitium, não quer dizer seja Bipolar.

Ele é usado há mais de 60 anos por milhões de pessoas.

Colaterais que podem (não quer dizer que vão) acontecer:

  • Se der aumento de peso é por retenção de líquidos, não por aumento de gordura: faça caminhadas, exercícios, tome bastante água. As pessoas que se exercitam e tomam bastante água não engordam com Lítio.
  • Se der leve tremor nas mãos: tome menos café, refrigerantes, chá preto, chá mate e mais água.
  • Se soltar um pouco o intestino, tome mais água.
  • Se der leve sensação de náusea, vamos dividir em duas tomadas por dia.
  • Diminuição da função da Tireoide: é rara, quando vem é depois de muitos meses ou anos de tratamento, geralmente o pai ou a mãe tiveram Hipotireoidismo e geralmente é bem fácil de corrigir sem precisar parar o Lítio

A dosagem de Lítio no sangue é feito depois que a pessoa começa a tomar e serve para ajustar o número de comprimidos de Carbolitium que o paciente precisa.

Fazer "dosagem de Lítio" antes de começar a tomar Carbolitium sempre dá quase zero mesmo e isso não quer dizer absolutamente nada.

Sintomas de excesso de Lítio, que não deve acontecer, por isso se faz as dosagens periódicas:

  • Tremor forte, pernas bambas, fraqueza muscular, marcha meio insegura.
  • Voz pastosa.
  • Troca de palavras.
  • Diarréia, vômitos.
  • A letra fica pequena e "pontuda".

Suspenda o Lítio, tome bastante água, coma bastante sal e ligue para seu médico. Isso costuma passar em poucas horas.